sábado, 19 de setembro de 2009

GERES / XURES



Depois de ter lido tantas coisas e de ter visto tantas fotos destes caminhos do Gerês/Xurês, fiquei com uma vontade enorme de pedalar para esses lados, mais em concreto o tão falado Single-Track que desce entre o vale no caminho de acesso às Minas das Sombras ate Torneiros.

E depois de tanto planear o sonho tornou-se realidade, no passado Sábado lá fomos eu o meu companheiro de pedalada PAULO e os amigos RUI, PEDRO, PAI DO PEDRO,UM AMIGO QUE NAO ME LEMBRO AGORA DO NOME E A FATIMA.
O ponto de partida escolhido foi o Campo do Gerês junto ao parque de campismo da Cerdeira, as 9:30 lá arrancamos com o S. Pedro um pouco irritado e a chuva sempre a espreita, lá fomos em direcção a Portela do homem pelos caminhos da mata de Albergaria, depois de passar a fronteira foram mais uns metros e lá entramos nos na rota das Sombras. A subida não era assim tão difícil quanto parecia inicialmente, mas a ansiedade era tanta para chegar ao tão desejado single-track que parecia que nunca mais acabávamos de subir, eis que nos aparece por entre algum nevoeiro a tal montanha desejada, e que montanha meus senhores, a vista embora muito turba, era fascinante, ai surgiu um pequeno problema, alguns companheiros não queriam fazer a descida e preferiam ir a volta pelas minas, como eu tinha o GPS com o track lá convenci dois deles o PEDRO E O PAI que ao inicia ainda tentou arranjar a desculpa que estava sem pastilhas nos travões mas não resistiu a tentação e lá se juntou a nos para fazer a tal descida. La começamos nos a descer, a parte inicial era bastante complicada e difícil devido as muitas pedras soltas e ainda por cima molhadas o que tornava bem mais complicado. Depois dai para baixo foi sempre andar tirando um ponto ou outro que no meu ponto de vista não tinha mesmo alternativa senão desmontar, a parte final era bastante rolante, ate que chegamos a estrada e descemos ate Torneiros as tão conhecidas piscinas de agua quente.
La aguardamos pelo restante grupo que não tardou a aparecer, depois de uma pausa para reabastecer, no arranque foi decidido que iríamos não pelos lados da Santa Eufemia mas sim pela via romana ate a Portela do Homem e da portela do homem seguimos o mesmo caminho ate Campo do Gerês.

Foi um dia excelente com paisagens lindíssimas, trilhos maravilhosos, agradeço a todos os que participaram nesta investida e fico aguardar a vossa presença para as próximas aventuras.

HELDER AZEVEDO




GERES/XURES from Helder Azevedo on Vimeo.

Nenhum comentário: